Séries Addict

Fringe

Posted on: outubro 3, 2008

Eu tenho lutado há semanas para encontrar as palavras certas para falar de Fringe. E finalmente encontrei uma: segurança. Não sua existência em si própria, mas como um sentimento, e então, quando ele é retirado de você abruptamente e você acorda em mundo estranho e perigoso. Ou é o mesmo mundo?
Eu acho que não é. É um mundo quando você tem uma carreira de sucesso, com um trabalho que conhece bem, que faz brilhantemente e do qual gosta; quando você tem uma pessoa que ama e quer cuidar de você deitado na sua cama; quando sua maior preocupação é quê seu chefe possa descobrir seu caso com um colega de trabalho. Você se sente seguro, e de certa maneira, não está mesmo?
Mas então seu namorado é um traidor, você tem que trabalhar com fenômenos inexplicáveis, um cientista instável especializado em ciência de borda (Fringe Science) e seu filho também não muito confiável. Você definitivamente está voando sem a rede de segurança. E você não é o único.
A principal sensação que eu tenho quando assisto Fringe é essa: de que eu entrei em um mundo onde não se tem segurança. Não apenas em relação aos perigos obscuros que aguardam nossos três heróis (ou heroina e anti-heróis, ou quaisquer outras combinações de estereótipos que vocês preferirem que possa constituir uma referência curta e rápida aos três protagonistas) Olivia (Anna Torv), Peter (Joshua Jakson) e Walter Bishop (John Noble), mas em relação a uma salvaguarda psicológica também. Como a mente a sobrevive a uma reviravolta de tamanha dimensão? Eu, particularmente, ficaria paranóica bem rápido.
Porém é sempre bom assistir a esse outro mundo, esse mundo de sombras na televisão. Fringe, em sua retratação desse mundo, é muito boa. Em sua retratação dos conflitos humanos diante desse novo mundo acho que ela ainda anda a passos lentos, mas não acho que seja nada que prejudique muito a série nesse momento, em que ela acumula míseros quatro episódios e tem uma temporada inteira garantida pela frente. As atuações me agradaram no começo e depois passaram a me incomodar, mas isso talvez seja problema meu. Do roteiro, da direção intimista, da fotografia e da trilha sonora eu gosto muito, o quê deixa a série bem cotada comigo em termos técnicos. E quando eu coloco a lista de séries de terça no meu torrent e alinho os downloads por prioridade, Fringe fica atrás apenas de House. A série pode não chegar aos pés de Alias ou LOST, mas me agrada, e muito.

Anúncios

5 Respostas to "Fringe"

eu gosto de Fringe, e sou suspeito pra falar dos protagonista, sou fã de Dawson’s Creek e tudo que alguém do elenco faz, eu torço.
mas admito que de Joshua esperava mais, apesar de ainda achar que com o tempo ele vai roubar a cena, no quesito atuação e personagem
mas a série é boa, leio alguns textos criticando e sinceramente, esse povo agora não sabe o que quer,
aposto que se a série não deixasse suspense, iriam relcamar que faltava algo, e por deixar algumas coisas escondidas, reclamam que tem misterio
Bonis chegou a reclamar no segundo episodio sobre o passado dos personagens e o misterio que estavam que tavam fazendo
ahh, dá um tempo
percebo da galera em si uma certa vontade de tirar os meritos de J.J, já li até em algum lugar que ele era a maior farsa da atualidade, sinceramente, um cara produzir ALias, Lost, ter no curriculum ainda séries como Felicity e Brian, que não eram excelentes, mas davam pro gasto, e ainda no cinema tem missão impossivel III e cloverfiel, que não vi o segundo, mas foi sucesso de publico, enfim, acho que é mais inveja do que falta de talento

abraços!!

Fringe não conseguiu me agradar. Não gostei do elenco e do roteiro, acho que só gostei daquelas letras em 3D das localizações…

Essa é uma das séries q não conseguiram me chamar atenção nessa temporada, mesmo com todo o BOOM em cima dela. Mas depois vou dar uma chance pra ela.

O blog tá muito massa, teus comentários são muito bons

Nossa faz um tempinho que nao passo por aqui! OLha ao contrario do MAURICIO FRINGE me agradou completamente, o piloto pra mim foi otimi e os episódios seguintes tem sido cada vez melhores!

A série e de tamanha inteligencia que me prende a cada episódio.

Olá!
Apesar do último episódio de FRINGE (1X05)ter sido um pouco inferior, estou gostando muito de FRINGE. Estou tentando ser bastante seletivo nas séries e ela tem sido uma das poucas que acompanho.

abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Comentários

luiz augusto em The Day of the Triffids
karina em Much I Do About Nothing…
andreia em Eles estão voltando…

Blog Stats

  • 173,207 hits

Todas as atualizações do seu blog favorito

Me Adicione no Technorati

Add to Technorati Favorites
%d blogueiros gostam disto: