Séries Addict

House – 5×09 – Last Resort

Posted on: novembro 28, 2008

O quê é mais importante para você, a liberdade ou o conhecimento? Eu me decepcionei um pouco com esse episódio de House. Não que ele tenha sido ruim, mas é uma questão de expectativas. E como esse era um episódio especial, com um grande acontecimento, as minhas estavam altas. Ao contrário de muita gente, eu não acho que House está ruim, inferior, em decadência, etc. Eu tenho gostado da temporada, que tem sim tido alguns episódios abaixo da média e alguns defeitos de roteiro, mas para min, o começo da terceira temporada foi muito pior (eu odiava Tritter com todas as minhas forças).
Apesar de tudo, Last Resort trouxe através de Jason, interpretado pelo sempre sensacional Zeljko Ivanek (Damages) algumas questões filosóficas, dentre as quais aquela que eu postei acima. Jason não é apenas um homem doente e desesperado. É um homem para quem saber a verdade sobre o quê está acontecendo com ele é o mais importante. Mais importante do quê a liberdade. Honestamente, não saber é aterrorizador, mas eu não sei se seria capaz de trocar uma resposta pelo meu direito de ir e vir.
Eu também me perguntei o quê House escolheria. Parece que ao devolver a arma para o seqüestrador para poder ficar naquela situação e descobrir a doença, ele teria escolhido, assim como Jason, a verdade. Mas House é um personagem complexo, que às vezes se pode entender errado ou perder algumas sutilezas. Ele pareceu bastante desesperado quando percebeu que Jason não ouviria a voz da razão e forçaria a Treze a tomar um remédio que poderia matá-la. Acho que ele pensou que de alguma maneira ele poderia convencer Jason através do bom senso, porquê entendia a angústia dele em não saber e em fazer uma loucura, algo ilegal para descobrir um mistério e se assustou ao perceber que os dois não pensavam da mesma maneira. House é capaz de tudo para salvar uma vida, mesmo que às vezes o orgulho dele pareça estar no comando da investigação da maneira de fazê-lo. Jason era capaz de tirar vidas, porquê o objetivo dele era se salvar a qualquer custo.
Do lado de fora, Cuddy fazia de tudo para ajudar. Tanto, que o policial no comando começou a chamar House de namorado dela. Ela, na verdade, estava fazendo o quê sempre faz. Permitindo que House faça o quê lhe dá na telha. Por isso mesmo, eu não entendo o argumento dela de quê um relacionamento entre dois prejudicaria o julgamento dela. Juntos ou separados, ela confia em House e no julgamento dele cegamente. Da mesma forma que eu quero que os dois parem de ladainha e fiquem juntos, eu os quero separados. Afinal, é muito mais divertido ver House implicando, fazendo piadas e sabotando a sala dela.
A Treze também teve destaque. Ela cooperava com todas as exigências do seqüestrador e quase morreu por causa disso. No começo, eu achei que era bom senso. Alguém tinha que criar um equilíbrio com os comentários cáusticos do House. Mas depois eu vi que ele tinha razão, e Jason também: ela estava agindo de modo suicida. Os fãs da Treze que me perdoem, mas a personagem é simplesmente chata e desinteressante e nem essa última serviu para me fazer simpatizar um pouco com ela. Aliás, quase torci para ela morrer.
Verdade seja dita, House ainda não teve nenhum episódio genial nessa temporada. Ainda tem tempo para tê-los, para deslanchar, e eu não perco minha esperança na série com facilidade. Especialmente porquê em comparação com várias outras séries que estão no ar, ela continua a figurar na minha lista de prioridades com facilidade. Ela ainda é, e acho que por muito tempo será, um bom entretenimento. Minha queixa a respeito de Last Resort é que entretenimento à parte, é bem provável que eu o esqueça. E episódios especiais de House não deveriam ser esquecíveis.

Anúncios

1 Response to "House – 5×09 – Last Resort"

Adorei o episódio. Tenso, envolvente, drama na medida certa… Só não superou House’s Head por pouco.

Off-topic: Também gostei muito do novo visual do seu blog! Quando puder depois, dá uma passadinha no meu, que também é sobre séries, ok?

http://www.primetimebr.com

Abraços!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Comentários

luiz augusto em The Day of the Triffids
karina em Much I Do About Nothing…
andreia em Eles estão voltando…

Blog Stats

  • 175,738 hits

Todas as atualizações do seu blog favorito

Me Adicione no Technorati

Add to Technorati Favorites
%d blogueiros gostam disto: