Séries Addict

Lipstick Jungle – 2×10 – Chapter Seventeen: Bye, Bye Baby

Posted on: dezembro 10, 2008

Ainda bem que eu não tinha procurado saber nenhuma informação sobre este episódio de Lipstick. Se eu tivesse tomado conhecimento de qual seria o título do episódio, teria adivinhado na hora a trama e isso teria estragado o episódio para mim até uma certa extensão. Era óbvio que Nico não ficaria com Charlie pura e simplesmente. Ela não é parente da criança e não haveria como não acontecer pelo menos uma briga de custódia na justiça. Mas eu não achei que o bebê partiria tão cedo. Porém, não cedo o suficiente para que não pudesse ser a ruína final do relacionamento entre Nico e Kirby.
Em Sisterhood of the Traveling Prada já se pôde ver discordâncias surgindo no casal, mas nada como sua namorada resolver criar o filho do falecido marido com a amante, e ainda lhe usar como babá, para acabar com um relacionamento. Ver Nico perder Charlie e Kirby foi muito tocante. A personagem de Kim Raver foi provavelmente a que mais evoluiu durante a série e suas tramas são, na minha opinião, as mais relevantes. Dá para acreditar que aquela seja uma mulher de verdade, diferente de eu e você por causa do emprego (e do apartamento, e das roupas fabulosas e caras e por aí vai), mas ainda sim crível.
As estórias de Wendy também estão cada vez melhores, apesar de eu achar que o Shane apenas consegue se tornar mais irritante a cada vez que o vejo. Toda aquela coisa de Wendy agora ter que ficar em casa com as crianças para quê ele possa trabalhar, eu simplesmente não entendo. Tá, ele ficou em casa com as crianças por muitos anos enquanto a carreira de Wendy estava no topo, mas ainda injusto ele exigir que ela escolha entre trabalho e família. Especialmente considerando que a parte mais atraente do trabalho dela, que é a produção dos filmes, passo a passo, está sendo destacada agora.

Além disso nesse episódio também tivemos uma trama dela com a Maddie, que a exemplo de Pink Poison, comprovadamente rende bem. Maddie pode não parecer com o povo de Gossip Girl nenhum pouco, mas ela é adolescente, crescendo no Upper East Side, freqüentando escola particular, com uma mãe que trabalha no cinema. A vida dela é sem dúvida interessante e apesar de eu ser fã da série teen da CW, seus dramas são consideravelmente mais reais e despertam bem mais empatia do quê as tramas burlescas de GG. É a mesma que eu comentei sobre Nico, é diferente do quê a maioria de nós mortais vivemos, mas é crível. E a atriz é ótima. Super talentosa e natural, Sarah Hyland parece uma adolescente de verdade. A trama de Victory, por outro lado, esfriou. É como se não houvesse vida pós-Joe e isso é uma falha grande dos produtores: toda a trama de Victory gira em torno de romance. Tudo bem que ela é única solteira no show (agora temos Nico também, mas Nico tem várias tramas), mas isso não significa que o foco deva ser na sua vida amorosa o tempo todo. Ela é uma mulher bem sucedida, inteligente e sensível, tem que haver que parar se explorar em relação a ela.

Anúncios

1 Response to "Lipstick Jungle – 2×10 – Chapter Seventeen: Bye, Bye Baby"

É tatha: esse crescimento todo é o que mais me toca… e o que me deixa mais chateada por causa do possível cancelamento…
Ai,ai…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Comentários

luiz augusto em The Day of the Triffids
karina em Much I Do About Nothing…
andreia em Eles estão voltando…

Blog Stats

  • 172,286 hits

Todas as atualizações do seu blog favorito

Me Adicione no Technorati

Add to Technorati Favorites
%d blogueiros gostam disto: