Séries Addict

Archive for dezembro 2007

Eu sempre adorei SVU, mas eu nunca consegui acompanhar as temporadas novas às onze da noite ou às reprises às sete. Agora que eu estou de férias e posso dormir e acordar tarde, SVU na reprise de meia noite virou meu vício. O episódio da noite passada, Flórida, foi sensacional. Afinal, quem mais pra sair chutando o suspeito só porquê está com raiva? Não, não foi o Elliot.
Foi ótimo ver Liv no seu limite. Show de interpretação da Mariska Hargitay. E parabéns também aos roteiristas da série, porquê os personagens são tão reais. O jeito como eles são passionais, ao invés de seres brilhantes e calmos, quase robotizados, é na minha opinião, o motivo de sucesso de show. Se você ainda não conferiu, confira.

Anúncios

Meus sinceros votos de que todos vocês recebam em suas vidas tudo o que merecem. Que esse final de ano e o próximo sejam repleto de realizações. E muitas séries, rsrs.

Natal Simpsons

Você sabe que a instituição é boa quando não tem que ver Katherine Heigl indicada individualmente…

Outstanding Performance by a Male Actor in a Television Movie or Miniseries

MICHAEL KEATON / James Jesus Angleton – “The Company (TNT)
KEVIN KLINE / Jacques – “As You Like It” (HBO)
OLIVER PLATT / George Steinbrenner – “The Bronx is Burning” (ESPN)
SAM SHEPARD / Frank Whiteley – “Ruffian” (ABC)
JOHN TURTURRO / Billy Martin – “The Bronx is Burning” (ESPN)

Outstanding Performance by a Female Actor in a Television Movie or Miniseries

ELLEN BURSTYN / Posey Benetto – “Mitch Albom’s For One More Day” (ABC)
DEBRA MESSING / Molly Kagan – “The Starter Wife” (USA)
ANNA PAQUIN / Elaine Goodale – “Bury My Heart at Wounded Knee” (HBO)
QUEEN LATIFAH / Ana – “Life Support “ (HBO)
VANESSA REDGRAVE / Woman – “The Fever” (HBO)
GENA ROWLANDS / Melissa Eisenbloom – “What If God Were the Sun?” (Lifetime)

Outstanding Performance by a Male Actor in a Drama Series

JAMES GANDOLFINI / Tony Soprano – “The Sopranos” (HBO)
MICHAEL C. HALL / Dexter Morgan – “Dexter” (Showtime)
JON HAMM / Don Draper – “Mad Men” (AMC)
HUGH LAURIE / Dr. Gregory House – “House” (FOX)
JAMES SPADER / Alan Shore – “Boston Legal” (ABC)

Outstanding Performance by a Female Actor in a Drama Series

GLENN CLOSE / Patty Hewes – “Damages” (FX)
EDIE FALCO / Carmela Soprano – “The Sopranos” (HBO)
SALLY FIELD / Nora Walker – “Brothers & Sisters” (ABC)
HOLLY HUNTER / Grace Hanadarko – “Saving Grace” (TNT)
KYRA SEDGWICK / Deputy Police Chief Brenda Johnson – “The Closer” (TNT)

Outstanding Performance by a Male Actor in a Comedy Series

ALEC BALDWIN / Jack Donaghy – “30 Rock” (NBC)
STEVE CARELL / Michael Scott – “The Office” (NBC)
RICKY GERVAIS / Andy Millman – “Extras” (NBC)
JEREMY PIVEN / Ari Gold – “Entourage” (HBO)
TONY SHALHOUB / Adrian Monk – “Monk” (USA)

Outstanding Performance by a Female Actor in a Comedy Series

CHRISTINA APPLEGATE / Samantha Newly – “Samantha Who?” (ABC)
AMERICA FERRERA / Betty Suarez – “Ugly Betty” (ABC)
TINA FEY / Liz Lemon – “30 Rock” (NBC)
MARY-LOUISE PARKER / Nancy Botwin – “Weeds” (Showtime)
VANESSA WILLIAMS / Wilhelmina Slater – “Ugly Betty” (ABC)

Outstanding Performance by an Ensemble in a Drama Series

BOSTON LEGAL (ABC)

RENE AUBERJONOIS / Paul Lewiston
CANDICE BERGEN / Shirley Schmidt
JULIE BOWEN / Denise Bauer
SAFFRON BURROWS / Lorraine Weller
CHRISTIAN CLEMENSON / Jerry Espenson
TARAJI P. HENSON / Whitney Rome
JOHN LARROQUETTE / Carl Sack
WILLIAM SHATNER / Denny Crane
JAMES SPADER / Alan Shore
TARA SUMMERS / Katie Lloyd
MARK VALLEY / Brad Chase
GARY ANTHONY WILLIAMS / Clarence/Clarice Bell
CONSTANCE ZIMMER / Claire Simms

THE CLOSER (TNT)

G.W. BAILEY / Det. Lt. Provenza
MICHAEL PAUL CHAN / Lt. Tao
RAYMOND CRUZ / Det. Sanchez
TONY DENISON / Lt. Andy Flynn
ROBERT GOSSETT / Commander Taylor
GINA RAVERA / Det. Irene Daniels
COREY REYNOLDS / Sgt. David Gabriel
KYRA SEDGWICK / Deputy Police Chief Brenda Johnson
J.K. SIMMONS / Asst. Police Chief Will Pope
JON TENNEY / FBI Agent Fritz Howard

GREY’S ANATOMY (ABC)

JUSTIN CHAMBERS / Alex Karev
ERIC DANE / Mark Sloan
PATRICK DEMPSEY / Derek Shepherd
KATHERINE HEIGL / Izzie Stevens
T.R. KNIGHT / George O’Malley
CHYLER LEIGH / Lexie Grey
SANDRA OH / Cristina Yang
JAMES PICKENS, JR. / Richard Webber
ELLEN POMPEO / Meredith Grey
SARA RAMIREZ / Callie Torres
ELIZABETH REASER / Jane Doe/Ava/Rebecca Pope
BROOKE SMITH / Erica Hahn
KATE WALSH / Addison Montgomery-Shepherd
ISAIAH WASHINGTON / Dr. Preston Burke
CHANDRA WILSON / Dr. Miranda Bailey

MAD MEN (AMC)

BRYAN BATT / Salvatore Romano
ANNE DUDEK / Francine Hanson
MICHAEL GLADIS / Paul Kinsey
JON HAMM / Don Draper
CHRISTINA HENDRICKS / Joan Holloway
JANUARY JONES / Betty Draper
VINCENT KARTHEISER / Pete Campbell
ROBERT MORSE / Bertram Cooper
ELISABETH MOSS / Peggy Olson
MAGGIE SIFF / Rachel Menken
JOHN SLATTERY / Roger Sterling
RICH SOMMER / Harry Crane
AARON STATON / Ken Cosgrove

THE SOPRANOS (HBO)

GREGORY ANTONACCI / Butch DeConcini
LORRAINE BRACCO / Dr. Jennifer Melfi
EDIE FALCO / Carmela Soprano
JAMES GANDOLFINI / Tony Soprano
DAN GRIMALDI / Patsy Parisi
ROBERT ILER / Anthony Soprano, Jr.
MICHAEL IMPERIOLI / Christopher Moltisanti
ARTHUR NASCARELLA / Carlo Gervasi
STEVEN R. SCHIRRIPA / Bobby “Bacala” Baccalieri
MATT SERVITTO / Agent Dwight Harris
JAMIE-LYNN SIGLER / Meadow Soprano
TONY SIRICO / Paulie “Walnuts” Gaultieri
AIDA TURTURRO / Janice Soprano
STEVEN VAN ZANDT / Silvio Dante
FRANK VINCENT / Phil Leotardo


Outstanding Performance by an Ensemble in a Comedy Series

30 ROCK (NBC)

SCOTT ADSIT / Pete Hornberger
ALEC BALDWIN / Jack Donaghy
KATRINA BOWDEN / Cerie
TINA FEY / Liz Lemon
JUDAH FRIEDLANDER / Frank Rositano
JANE KRAKOWSKI / Jenna Maroney
JACK McBRAYER / Kenneth Parcell
TRACY MORGAN / Tracy Jordan
KEITH POWELL / Toofer
LONNY ROSS / Josh Girard

DESPERATE HOUSEWIVES (ABC)

ANDREA BOWEN / Julie Mayer
RICHARDO A. CHAVIRA / Carlos Solis
MARCIA CROSS / Bree Van De Kamp Hodge
DANA DELANY / Katherine Mayfair
JAMES DENTON / Mike Delfino
NATHAN FILLION / Adam Mayfair
LINDSY FONSECA / Dylan Mayfair
TERI HATCHER / Susan Mayer
ZANE HUETT / Parker Scavo
FELICITY HUFFMAN / Lynette Scavo
KATHRYN JOOSTEN / Mrs. McCluskey
BRENT KINSMAN / Preston Scavo/Porter Scavo
SHANE KINSMAN / Porter Scavo/Preston Scavo
JOY LAUREN / Danielle Van De Kamp
EVA LONGORIA PARKER / Gabrielle Solis Lang
KYLE MacLACHLAN / Orson Hodge
SHAWN PYFROM / Andrew Van De Kamp
DOUG SAVANT / Tom Scavo
DOUGRAY SCOTT / Ian Hainsworth
NICOLETTE SHERIDAN / Edie Britt
JOHN SLATTERY / Victor Lang
BRENDA STRONG / Mary Alice Young

ENTOURAGE (HBO)

RHYS COIRO / Billy Walsh
KEVIN CONNOLLY / Eric Murphy
KEVIN DILLON / Johnny Drama
JERRY FERRARA / Turtle
ADRIAN GRENIER / Vincent Chase
REX LEE / Lloyd
JEREMY PIVEN / Ari Gold
PERREY REEVES / Mrs. Ari

THE OFFICE (NBC)

LESLIE DAVID BAKER / Stanley Hudson
BRIAN BAUMGARTNER / Kevin Malone
CREED BRATTON / Creed
STEVE CARELL / Michael Scott
JENNA FISCHER / Pam Beesly
KATE FLANNERY / Meredith Palmer
ED HELMS / Andrew Bernard
MINDY KALING / Kelly Kapoor
ANGELA KINSEY / Angela Martin
JOHN KRASINSKI / Jim Halpert
PAUL LIEBERSTEIN / Toby Flenderson
B.J. NOVAK / Ryan Howard
OSCAR NUÑEZ / Oscar Martinez
PHYLLIS SMITH / Phyllis Lapin
RAINN WILSON / Dwight Schrute

UGLY BETTY (ABC)

ALAN DALE / Bradford Meade
AMERICA FERRERA / Betty Suarez
CHRISTOPER GORHAM / Henry
MARK INDELICATO / Justin
ASHLEY JENSEN / Christina
JUDITH LIGHT / Claire Meade
ERIC MABIUS / Daniel Meade
BECKI NEWTON / Amanda
ANA ORTIZ / Hilda
TONY PLANA / Ignacio
REBECCA ROMIJN / Alexis
KEVIN SUSSMAN / Walter
MICHAEL URIE / Marc
VANESSA WILLIAMS / Wilhelmina Slater

Tags:
Mariana Velho Vencedora Brazil’s Next Top Model

Quem é o editor desse programa? Porque esse foi o reality mais mal editado que eu já assisti. Como assim um incidente que quase leva a uma eliminação sequer é mostrado? Ninguém se tocou que isso alienaria os espectadores? E o tempo do programa foi desperdiçado com tantas outras coisinhas insignificantes. Quem está assistindo não precisa de um flashback da Lívia, mas certamente precisava ter visto a situação pela qual Mariana Velho foi acusada de arrogância. Afinal, ao espectador deveria ser dado o direito de tirar conclusões do que vê, ao invés de Ter que se basear no que os dois lado dizem. Ou talvez a opção seja proposital pra causar mistério estilo novela mexicana. Como se não bastasse a falta de carisma dos jurados, eles não parecem entender muito de moda. Eu não os vi dizendo uma coisa significativa sequer. E eles pareceram ainda mais amadores com a participação de duas pessoas que realmente entendem do assunto: o booker da Ford e a editora da Elle.

Mariana Velho Vencedora Brazil’s Next Top Model

No desfile, as modelos tinham que ser apáticas. Tudo bem que isso acontece, mas seria melhor ter um desfile em que modelos exibissem suas personalidades, pois assim se poderia diferenciá-las. Como se pode fazer distinção entre duas estátuas de cera?
No final, Mariana Velho, a melhor, venceu e com isso o programa não foi um desastre total, afinal um garota razoavelmente talentosa ganhou a chance de uma carreira e no Brasil, isso é uma grande coisa.

Standoff Rosemarie DeWitt Ron Linvingston

Desde que eu escrevi aquele primeiro post sobre Standoff, a série apenas cresceu no meu conceito. Aliás, ela me fez odiar o público americano profundamente pela segunda vez esse ano (a primeira foi por causa de Studio 60).
Quem já assistiu Standoff e não acha que Matt e Emily são o casal mais adorável do planeta? E quem não acha que Cheryl é a chefe mais cool que alguém já viu? Além disso tem os caras da Swat, que dá até pra acreditar que são mesmo da Swat, e que são mesmo seres humanos, ao invés daqueles bonecos robotizados que aparecem nos filmes. A principal razão pela qual eu sou apaixonada por Standoff, é que se pode acreditar que aquelas pessoas são reais.
No último episódio exibido pela raposa, No Strings, Matt e Emily enfrentavam um dilema pessoal. Emily havia sido aceita em um programa do FBI que a levaria a Virgínia por um ano, e como o Estado onde fica Quântico, a famosa sede do FBI, é extremamente longe da ensolarada Califórnia, o romance dos negociadores prometia não sobreviver. Emily queria que Matt pedisse pra ela ficar, mas Matt insistiu que ela aceitasse o trabalho. Matt e Emily as vezes são meio passivo-agressivos, e quando não conseguem se entender no amor, isso afeta a sincronia deles no trabalho.
Foi graças a seu próprio problema de sincronia que eles descobriram o que estava se passando no caso da semana. O caso até foi meio clichê, mas eu não posso mentir e dizer que eu não descobri até o último minuto também. Não dá pra imaginar Emily largando a vida emocionante que ela leva, deixando de salvar pessoas e viver a adrenalina da negociação e ficar sentada analisando casos passados e discutindo protocolos. Ainda bem que no final ela se dá conta disso e ao pressionar Matt pra pedir que ela fique, acaba recebendo um “Eu te amo”. Não que Matt já não o tivesse praticamente dito em Boderline. De qualquer forma, Standoff já virou minha dramédia romântica processual favorita. Malditos americanos…

Meio atrasada, mas aqui está a lista de indicados e, em negrito, meus favoritos.

Golden Globes

Melhor Série Drama

Big Love
Damages
Grey’s Anatomy
House
Mad Men
The Tudors

Melhor Série Comédia

30 Rock
Californication
Entourage
Extras
Pushing Daisies

Melhor Atriz em Drama

Patricia Arquette – Medium
Glenn Close – Damages
Minnie Driver – The Riches
Edie Falco – The Sopranos
Sally Field – Brothers & Sisters
Holly Hunter – Saving Grace
Kyra Sedgwick – The Closer

Melhor Ator em Drama

Michael C. Hall – Dexter
Hugh Laurie – House
Bill Paxton – Big Love
Jon Hamm – Mad Men
Jonathan Rhys Meyers – The Tudors

Melhor Atriz em Comédia

Christina Applegate – Samantha Who?
America Ferrera – Ugly Betty
Tina Fey – 30 Rock
Anna Friel – Pushing Daisies
Mary-Louise Parker – Weeds

Melhor Ator em Comédia

Alec Baldwin – 30 Rock
Steve Carell – The Office
David Duchovny – Californication
Ricky Gervais – Extras
Lee Pace – Pushing Daisies

Melhor Atriz Coadjuvante

Rose Byrne – Damages
Rachel Griffith – Brothers & Sisters
Katherine Heigl – Grey’s Anatomy
Samantha Morton – Longford
(Telefilme)
Anna Paquin – Bury My Heart at Wounded Knee
(Telefilme)
Jamie Pressly – My Name Is Earl

Melhor Ator Coadjuvante

Ted Danson – Damages
Kevin Dillon – Entourage
Jeremy Piven – Entourage
Andy Serkis – Longford (Telefilme)
William Shatner – Boston Legal
Donald Sutherland – Dirty Sexy Money

WGA

Série drama:

“Dexter”
“Friday Night Lights”
“Mad Men”
“Família Soprano”
“The Wire”

Série comédia:

“Curb Your Enthusiasm”
“Entourage”
“Flight of The Conchords”
”The Office”
“30 Rock”

Nova Série:

“Damages”
“Flight of The Conchords”
“Mad Men”
“Pushing Daisies”
“The Sarah Silverman Program”

Episódio drama:

“Final Grades” – episódio de “The Wire”
“The Second Coming” – episódio de “Família Soprano”
“The Round File” – episódio de “The Closer”
“Flashes Before Your Eyes” – episódio de “Lost”
“The Hobo Code” – episódio de “Mad Men”
“The Dark Defender” – episódio de “Dexter”

Episódio comédia:

“Pie-Lette” – episódio de “Pushing Daisies”
“The Job” – episódio de ”The Office”
“Negotiation” – episódio de “The Office”
“Local Ad” – episódio de “The Office”
“Phyllis´s Wedding” – episódio de “The Office”
“Sally Returns” – episódio de “Flight Of The Conchords”

Programa de variedades:

“The Daily Show With Jon Stewart”
“The Colbert Report”
“Late Night With Conan O´Brien”
“Pen & Teller: Bullshit”
“Real Time With Bill Maher”
“Saturday Night Live”

Em série drama eu não escolhi nenhum favorito pois não estou assistindo a temporada atual de nenhuma das séries. Eu adoro Damages e Pushing Daisies e espero que elas levem a maior quantidade de prêmios possíveis nessa temporada. Tenho que ver Mad Men e colocar algumas séries em dia. De outras, como Big Love e The Tudors, eu desisti. House está em sua melhor temporada e se levar, vai ser muito merecido.

E vocês? O que acharam dessas listas?

Hi Society Cottillion

Eleanor Waldorf parece finalmente ter perdido o título de pior mãe do Upper East Side. E tudo porquê CeCe, mãe de Lily e avó de Serena aportou na cidade, manipulando e oprimindo todo mundo apesar da aparência inocente que seu cabelo grisalho e voz doce passam. Enquanto CeCe destilava suas maldades, nós ficamos sabendo muito mais do passado de Lily e Rufus (yeehh) e acompanhamos a mais bem montada trama em torno do luxuoso mundo desses adolescentes, com as preparações e o próprio Baile de Debutantes. Eu fico extremamente feliz em dizer que Gossip Girl parece ter encontrado seu ritmo próprio e produziu mais um excelente episódio.
Muitas trocas de parceiros aconteceram até que cada um terminou exatamente com quem tinha que estar. E nem CeCe conseguiu intervir pra que nesse episódio, a paixão entre Serena e Dan triunfasse. Mas quanto tempo isso vai durar? Nesse episódio fica ainda mais evidente que a história dos dois é um espelho da história de Lily e Rufus, e mesmo sem uma mãe facista pra infernizá-la, quem pode dizer que ela não escolherá o mesmo caminho que a mãe naturalmente?
Quer dizer, com uma mãe como CeCe, tão preocupada em que seu clã se perpetuasse como uma cópia perfeita de sua idealização de si mesma, é completamente desculpável que Lily se tornasse uma esnobe repressora, mas cada vez fica mais óbvio que debaixo dos biquinhos e reviradas de olhos, Lily tem boas intenções. Se Serena escolheu se rebelar contra a falsidade dos Upper East Siders namorando um cara mais humilde e evitando o baile de Debutantes, a jornada de pobre menina rica de Lily parece bem mais interessante (ou é só porque eu a amo?).

Além de evitar o próprio Baile, deixando CeCe mortificada de vergonha, Lily namorou Rufus (que na época deveria ser um pobretão de verdade), saiu em tour com a banda dele como groupie, passou por vários lugares sujos e exóticos e sonhava ser fotógrafa, até que a mãe ameaçou tirar toda sua herança e consequentemente, sua segurança, sua estabilidade, suas diversas possibilidades pro futuro, e Lily voltou pra sua vida planejada com o rabo entre as pernas. O problema era que Rufus não sabia disso, ele achava que Lily o tinha abandonado por outro cara e Lily obviamente não se esforçou em deixar que ele soubesse da verdade, provavelmente tendo em mente que ele a consideraria frívola. Mas parece que Rufus entendeu, já que sua única reação foi ficar visivelmente balançado. Iniciada a contagem regressiva para Alison ser chutada de volta para o buraco de onde nunca deveria ter saído… Lily Van Der WoodsenMas como eu comecei a dizer lá em cima, para uma menina como Serena (ou Lily) que foi criada com todos os luxos e principalmente todas as portas abertas, não deve ser fácil fazer uma renúncia total. Dan pode não ser pobre, mas a vida dele é menos certa que a dela, que pode entrar nas faculdades que quiser, e se não entrar, pode viajar pelo mundo, ou pode até fazer uma loucura qualquer e viver como uma mendiga durante uns anos, porquê quando quiser, sua vida vai estar do jeito que ela quiser, segura. Afinal, paixões vão e vem.
Falando um pouco do outro lado da estória (como essa review tá grande), Blair e Nate voltaram e Chuck foi chorar sua dor de cotovelo em outro lugar. Blair resignada e Nate torturado sairam de cena e entraram esses novos personagens, que parecem adolescentes de verdade (tá, nem tanto) e são muito mais cativantes. Isso, sem deixar o amor romântico deles de lado, e trouxeram pra trama o sueter com o coração de Blair costurado na manga que é mencionado no livro. Alguns fãs da série devem ter ficado felizes. Eu acho que foi a primeira vez que os dois realmente aparentarão que pertencem juntos e isso é uma enorme vitória pra série.
Enfim, acho que esse episódio marca definitivamente o ínicio de uma nova Gossip Girl. Uma Gossip Girl , que como já tinha demonstrado no episódio passado, tem luz própria e cativa o público.

 

1×10 – Hi Society – 9,5 (MPV: Kelly Rutherford)


Categorias

Comentários

luiz augusto em The Day of the Triffids
karina em Much I Do About Nothing…
andreia em Eles estão voltando…

Blog Stats

  • 174,234 hits

Todas as atualizações do seu blog favorito

Me Adicione no Technorati

Add to Technorati Favorites